Fenômeno No Marketing De Influência: Influenciadores Criados Por IA

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Fenômeno No Marketing De Influência: Influenciadores Criados Por IA

junho 27. 2024

O marketing de influência revolucionou a maneira como as marcas se conectam com seus consumidores. Tradicionalmente, essa forma de marketing utilizava celebridades e indivíduos populares para promover produtos e serviços.

Garoto de vista lateral segurando smartphone
Garoto de vista lateral segurando smartphone

No entanto, com os avanços na tecnologia de inteligência artificial, uma nova tendência surgiu: os influenciadores virtuais. 

Estes personagens digitais, gerados e operados por IA, estão ganhando espaço nas redes sociais e redefinindo as estratégias de marketing. Capazes de interagir de maneira autêntica e envolvente, influenciadores criados por IA estão se tornando uma ferramenta poderosa para as marcas que buscam inovar e se destacar em um mercado saturado.

Neste artigo, você vai entender como os influencers virtuais estão sendo utilizados em plataformas como TikTok e Instagram, o impacto que têm nas relações de consumo e como estão moldando o futuro do marketing. 

O que são influenciadores criados por IA?

Também chamados de influenciadores digitais ou influenciadores virtuais, são personagens desenvolvidos para atuar como influenciadores de mídia social. 

Diferentes de avatares comuns ou mascotes, eles possuem uma aparência realista e comportamentos interativos sofisticados que se assemelham ao comportamento humano, graças à combinação de técnicas avançadas de modelagem 3D, animação e inteligência artificial. 

Dessa forma, conseguem interagir com os seguidores de maneira autêntica e engajadora. 

Embora os influenciadores criados por IA representem uma tendência atual no marketing digital, eles não são tão novidade assim.

Na verdade, eles começaram a ganhar popularidade na década de 2010. Um dos exemplos mais conhecidos é Lil Miquela, uma influenciadora virtual que surgiu em 2016. Criada pela empresa Brud, Lil Miquela possui milhões de seguidores no Instagram e colabora com marcas renomadas como Prada e Chanel.

Outro exemplo notável é de certa forma mais popular é a Lu, do Magazine Luiza. Criada em 2009, Lu tem mais de 7 milhões de seguidores no Instagram e fatura milhões mensalmente com publicidade.

Desafios e oportunidades

O surgimento dos influenciadores criados por IA abriu um novo leque de possibilidades no marketing digital. 

No entanto, como qualquer inovação, eles trazem consigo tanto desafios quanto oportunidades. Entender esses aspectos, aliás, é fundamental para marcas e empresas que desejam aproveitar ao máximo o potencial dessa estratégia. 

Desafios

  1. Criar uma conexão genuína com o público: influenciadores humanos possuem histórias e experiências reais que ressoam com seus seguidores, enquanto os virtuais precisam construir essa autenticidade de forma convincente.
  2. Transparência: é importante que as marcas sejam transparentes sobre o uso de influenciadores virtuais. A falta de clareza pode levar à desconfiança e repercussão negativa.
  3. Custo e complexidade: criar e manter um influenciador virtual pode ser caro e tecnicamente desafiador. Exige investimentos em tecnologia, design e gerenciamento contínuo.

Oportunidades

  1. Controle total: as marcas têm controle absoluto sobre a imagem, comportamento e mensagens dos influenciadores virtuais. Diferentemente dos influenciadores humanos, que podem agir de maneira imprevisível, os virtuais seguem estritamente os roteiros e diretrizes estabelecidas.
  2. Disponibilidade 24/7: influenciadores virtuais podem estar sempre ativos, interagindo com seguidores e promovendo produtos a qualquer hora, em qualquer lugar. Afinal, eles não precisam de descanso e podem operar em múltiplos fusos horários simultaneamente.
  3. Inovação e atração: a novidade dos influenciadores criados por IA pode atrair muita atenção e engajamento. O fator novidade, aliado à capacidade de criar conteúdos altamente criativos e visualmente atraentes, pode diferenciar uma marca no mercado.

Influenciadores virtuais como ferramenta de social selling no TikTok e Instagram

Plataformas como TikTok e Instagram são ideais para influenciadores virtuais devido ao seu foco em conteúdo visual e engajamento de alta frequência.

Recentemente, o TikTok confirmou o teste de um novo recurso que permite que anunciantes façam publicidade com o uso de influenciadores criados por IA

O Instagram não ficou atrás e anunciou o seu mais novo programa, o Creator AI. Ainda em fases de testes, a ferramenta vai permitir que influenciadores respondam aos seus seguidores diretamente por meio da inteligência artificial.

Retrato de mulher jovem caucasiana no espaço gradiente em luz de néon. Linda modelo feminina com visual incomum
Retrato de mulher jovem caucasiana no espaço gradiente em luz de néon. Linda modelo feminina com visual incomum

Como os influenciadores virtuais estão transformando as relações de consumo?

Os influenciadores virtuais estão remodelando as relações de consumo de maneira significativa. Eles introduzem novas formas de interação e engajamento entre marcas e consumidores, aproveitando tecnologias avançadas para oferecer experiências mais personalizadas e dinâmicas. 

Vamos explorar como essas personalidades digitais estão mudando o cenário de consumo e quais são os impactos principais dessa transformação.

1. Engajamento personalizado

Uma das maiores vantagens dos influenciadores virtuais é a capacidade de personalizar interações com os seguidores. 

Utilizando dados e algoritmos de aprendizado de máquina, eles podem analisar as preferências e comportamentos dos usuários para oferecer recomendações de produtos e conteúdos sob medida.

Essa personalização eleva a relevância das mensagens de marketing, aumentando a probabilidade de engajamento e conversão. Afinal, os consumidores sentem que as recomendações são feitas sob medida para eles, o que pode fortalecer a lealdade à marca.

2. Acessibilidade e inclusão

Influenciadores criados por IA podem ser desenvolvidos para representar uma ampla gama de características físicas, culturais e estilos de vida, promovendo a inclusão e a diversidade de maneira eficaz.

Isso permite que mais consumidores se identifiquem com os influenciadores e, por extensão, com a marca. A inclusão pode fortalecer a conexão emocional com um público mais diversificado, aumentando a base de clientes.

3. Experimentação e inovação

Como os influenciadores virtuais são totalmente controlados pelas marcas, eles podem ser utilizados para testar novas abordagens de marketing, produtos e campanhas de maneira segura e eficiente.

Isso possibilita um ciclo de inovação mais rápido e uma adaptação ágil às mudanças de mercado. As marcas podem ajustar suas estratégias com base nos feedbacks recebidos sem temer repercussões negativas inesperadas.

4. Interações consistentes e sempre disponíveis

Ao contrário dos influenciadores humanos, que têm limitações de tempo e energia, os virtuais podem manter um fluxo constante de conteúdo e interação.

Em essência, eles permitem que as marcas mantenham um engajamento contínuo com seus seguidores, respondendo a perguntas, participando de conversas e promovendo produtos sem interrupções.

5. Confiança e transparência

A natureza programável dos influenciadores criados por IA permite que as marcas implementem estratégias de comunicação clara e precisa, evitando ambiguidades.

Vale lembrar que os consumidores valorizam a honestidade e a clareza. E nesse caso, um influenciador virtual pode ser configurado para fornecer informações consistentes e confiáveis, construindo uma base de confiança sólida.

Como criar um influenciador virtual para representar a sua marca?

Criar um influencer virtual é um processo complexo que envolve várias etapas e habilidades técnicas. Aqui estão algumas dicas para começar:

  • Defina claramente a personalidade, o público-alvo e os objetivos do seu influenciador virtual. O planejamento inicial deve incluir detalhes sobre o estilo visual, a voz e o comportamento do influenciador;
  • Utilize software de modelagem 3D para criar o visual do influenciador. Ferramentas como Blender, Maya ou ZBrush podem ser usadas para desenvolver uma aparência realista e atraente;
  • Animações realistas são cruciais para tornar o influenciador convincente. Tecnologias de captura de movimento e softwares como Unity ou Unreal Engine podem ajudar a criar movimentos fluidos;
  • Implemente IA para gerenciar interações com seguidores. Chatbots avançados e algoritmos de aprendizado de máquina podem ser utilizados para personalizar e automatizar respostas;
  • Escolha as plataformas de redes sociais onde seu influenciador virtual estará ativo. Configure contas e desenvolva uma estratégia de conteúdo para cada plataforma.

Importância de contar com uma agência de marketing em todas as fases do processo

Como vimos neste artigo, Influenciadores criados por IA representam uma nova fronteira no marketing de influência, oferecendo oportunidades únicas para inovação e engajamento. Com a orientação e suporte corretos, esses personagens podem transformar a maneira como as marcas interagem com seus consumidores. 

Se você está interessado em explorar essa tendência, a agência de marketing CMLO&CO pode fornecer as soluções tecnológicas e estratégias de marketing necessárias para criar influenciadores virtuais que ressoam com seu público e impulsionam sua marca para o futuro. Fale com nossos especialistas e saiba mais.

Últimos posts

Técnicas de Marketing para Retenção de Clientes
Leia mais
A Ascensão do Marketing de Experiência
Leia mais
Marketing de Conteúdo no LinkedIn: Dicas e Táticas
Leia mais
Publicidade Programática: Como Funciona e Vantagens
Leia mais

Assine nossa newsletter

NEWSLETTER

Pular para o conteúdo