Google Não Vai Indexar Sites Que Não Funcionam Em Dispositivos Móveis -  Mobile-first

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Google Não Vai Indexar Sites Que Não Funcionam Em Dispositivos Móveis –  Mobile-first

junho 21. 2024

No mundo digital atual, a presença online é vital para qualquer negócio ou empreendimento. Nesse contexto, a maneira como os sites são exibidos e funcionam em dispositivos móveis se tornou um fator crucial para a visibilidade e sucesso na internet. 

Conceito de página inicial com barra de pesquisa
Conceito de página inicial com barra de pesquisa

Com o aumento constante do uso de smartphones e tablets para acessar a web, o Google adaptou sua abordagem de indexação e ranqueamento de sites para garantir que os usuários tenham a melhor experiência possível. 

Recentemente, a empresa anunciou que não vai mais indexar sites que não funcionam adequadamente em dispositivos móveis, uma mudança significativa que pode impactar drasticamente a presença online de muitas empresas. 

Neste artigo, vamos explorar o que é a indexação mobile-first do Google, como ela pode afetar o seu site e o que você pode fazer para se adaptar a essa nova realidade. Vamos lá?

Sobre a indexação mobile-first do Google

A indexação mobile-first é uma iniciativa do Google que prioriza a versão móvel de um site para a indexação e ranqueamento em seus resultados de busca. 

Isso significa que o Googlebot, o robô de rastreamento do Google, a partir de 05 de julho de 2024 vai primeiro examinar se um site também funciona em dispositivos móveis. 

Essa mudança foi implementada para refletir o comportamento predominante dos usuários que, cada vez mais, acessam a internet por meio de tablets e smartphones. Ela considera vários fatores:

Relevância e consistência de conteúdo

O conteúdo apresentado na versão móvel deve ser equivalente ao da versão desktop. Isso inclui texto, imagens, vídeos e outros elementos de mídia. Qualquer discrepância pode afetar negativamente o ranqueamento do site. 

Portanto, é fundamental certificar-se de que todas as informações importantes estão disponíveis em ambas as versões.

Velocidade de carregamento

A velocidade de carregamento das páginas é um fator vital para a experiência do usuário. 

Sites lentos podem resultar em altas taxas de rejeição e, consequentemente, em uma queda nos rankings do Google. 

O uso de técnicas como compressão de imagens, cache de navegador e otimização de código pode ajudar a melhorar a velocidade do seu site, garantindo que todas as páginas e vídeos carreguem rapidamente.

Experiência do Usuário (UX)

A navegação deve ser intuitiva e sem complicações. Botões e links devem ser facilmente clicáveis e o layout deve se ajustar perfeitamente a diferentes tamanhos de tela para melhorar a experiência do usuário

Hospedagem de qualidade

Um bom serviço de hospedagem pode fazer uma grande diferença na performance do site. 

Serviços de hospedagem confiáveis garantem tempo de atividade consistente e velocidades de carregamento rápidas, fatores importantes para a indexação mobile-first.

Design responsivo

Ter um site com design responsivo é fundamental para a abordagem mobile-first. 

Afinal, a adaptação do layout, das imagens e de todos os elementos do site para diferentes tamanhos de tela é que garantem que seu site funcione bem em todos os dispositivos móveis.

Por que ter um site preparado para dispositivos móveis é importante?

A importância da indexação mobile-first não pode ser subestimada. 

Como a maioria das pesquisas online agora é feita via dispositivos móveis, garantir que seu site seja otimizado para esses dispositivos é essencial para manter ou melhorar seu posicionamento nos resultados de busca. 

Sites que não estão preparados para a indexação mobile-first correm o risco de serem ignorados pelo Google, resultando em menos tráfego e, consequentemente, menos oportunidades de negócio.

Pesquisa online no tablet
Pesquisa online no tablet

Como a indexação mobile-first afeta o seu site?

A implementação da indexação mobile-first tem implicações diretas no ranqueamento dos sites nos resultados de busca do Google, um dos principais fatores que determinam o sucesso de um site.

Com a mudança para a indexação mobile-first, sites que não são responsivos ou não funcionam bem em dispositivos móveis serão penalizados. 

Isso significa que eles perderão posições nos resultados de busca, o que pode ter consequências sérias, como as que veremos a seguir:

Redução no tráfego orgânico

Menos visibilidade nos resultados de busca leva diretamente a uma redução no tráfego orgânico. Isso pode impactar negativamente as vendas, a geração de leads e outras métricas importantes de desempenho.

Impacto na reputação

Um site que não aparece nas primeiras páginas dos resultados de busca pode ser percebido como menos confiável ou relevante pelos usuários. Isso pode afetar a percepção da marca e a confiança dos consumidores.

Aumento da competição

Concorrentes que têm sites otimizados para dispositivos móveis terão uma vantagem significativa. Eles ocuparão as posições que você perdeu, ganhando mais tráfego e potencialmente conquistando seus clientes.

Como adaptar o seu site para a indexação mobile-first?

Para garantir que seu site esteja pronto para a indexação mobile-first do Google, aqui estão algumas etapas essenciais:

Adote um design responsivo

Garanta que seu site tenha um design responsivo que se ajuste automaticamente a diferentes tamanhos de tela. Isso inclui reformular o layout, redimensionar imagens e ajustar o texto para leitura fácil em dispositivos móveis.

Melhore a velocidade de carregamento do seu site

Use ferramentas como o Google PageSpeed Insights para testar e melhorar a velocidade de carregamento do seu site em dispositivos móveis. Otimize imagens, minimize código e utilize cache para melhorar o desempenho.

Crie conteúdo consistente em ambas as versões

Certifique-se de que o conteúdo da versão móvel do seu site é o mesmo da versão desktop. Evite esconder conteúdo ou usar versões simplificadas que podem ser penalizadas pelo Google.

Verifique a compatibilidade mobile

Utilize a ferramenta de teste de compatibilidade mobile do Google para verificar se seu site está otimizado para dispositivos móveis. Isso ajudará a identificar e corrigir problemas que possam afetar a experiência do usuário em smartphones e tablets.

Atualize o conteúdo e a estrutura do site

Certifique-se de que todo o conteúdo é acessível e legível em dispositivos móveis. Isso inclui textos, imagens e vídeos. Além disso, garanta que a estrutura do site seja intuitiva, com menus fáceis de navegar e uma hierarquia clara de informações.

Considere a contratação de profissionais

Adaptar um site para a indexação mobile-first pode ser complexo. Nesse sentido, contratar uma agência de marketing profissional ou desenvolvedores especializados pode fazer toda a diferença.

 A CMLO&CO, por exemplo, oferece serviços de desenvolvimento de sites, e-commerce, sistemas e aplicativos que são otimizados para todas as plataformas, garantindo experiências únicas aos clientes. 

Seus projetos já saem com versões responsivas para desktop e mobile, garantindo que seu site esteja preparado para as exigências de indexação mobile-first do Google. Acesse o site e conheça as nossas soluções.

Últimos posts

Técnicas de Marketing para Retenção de Clientes
Leia mais
A Ascensão do Marketing de Experiência
Leia mais
Marketing de Conteúdo no LinkedIn: Dicas e Táticas
Leia mais
Publicidade Programática: Como Funciona e Vantagens
Leia mais

Assine nossa newsletter

NEWSLETTER

Pular para o conteúdo