Ascensão do E-commerce no Brasil: estratégias para ter sucesso

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Ascensão do E-commerce no Brasil: estratégias para ter sucesso

janeiro 22. 2024

O e-commerce é uma das formas mais dinâmicas e rentáveis de fazer negócios na era digital. Com a pandemia de Covid-19, o comércio eletrônico ganhou ainda mais força, pois se tornou uma alternativa segura e conveniente para os consumidores que precisavam comprar produtos ou serviços sem sair de casa. 

Mas como surgiu e quais são as estratégias para ter sucesso nesse mercado competitivo e em constante transformação? 

Vendas de compras da cyber monday
Vendas de compras da cyber monday

Neste artigo, vamos abordar essas questões e mostrar como você pode melhorar os resultados do seu e-commerce com a ajuda da CMLO&CO, a sua parceira estratégica em marketing e publicidade. Vamos lá?

Quando surgiu o e-commerce e por que se tornou tão popular nos últimos anos?

O e-commerce, ou comércio eletrônico, é a venda de produtos ou serviços pela internet. Essa modalidade de negócios utiliza plataformas digitais como sites, aplicativos, redes sociais, marketplaces, entre outras. 

O conceito surgiu na década de 1970, com o surgimento das primeiras redes de computadores que permitiam a troca de informações entre empresas. 

No entanto, foi somente na década de 1990, com a popularização da internet e do cartão de crédito, que o modelo de negócios se tornou uma realidade para o consumidor final.

Desde então, o e-commerce vem crescendo exponencialmente no mundo todo, impulsionado por fatores como:

  • Evolução tecnológica;
  • Diversificação dos canais de venda;
  • Ampliação do acesso à internet;
  • As mudanças no comportamento do consumidor;
  • A globalização dos mercados, entre outros. 

O e-commerce no Brasil teve um salto impressionante nos últimos anos, especialmente em 2020, quando registrou um faturamento de R$ 87,4 bilhões, um aumento de 41% em relação a 2019. É o que revelam os dados da Ebit/Nielsen divulgados no Portal Exame.

Na ocasião, o número de pedidos também cresceu 30%, chegando a 194 milhões. Além disso, o número de consumidores ativos no e-commerce subiu 29%, alcançando 79 milhões.

Desafios e oportunidades

Apesar do cenário favorável para o e-commerce no Brasil, existem também diversos desafios que precisam ser superados pelos empreendedores que desejam se destacar nesse mercado. Alguns dos principais são:

  • A alta concorrência, que exige diferenciação com o oferecimento de valor agregado ao cliente, seja pela qualidade do produto ou serviço, pelo preço competitivo, pela entrega rápida ou pelo atendimento personalizado;
  • Precariedade da infraestrutura logística em muitas regiões do Brasil, o que dificulta a entrega dos produtos aos clientes, gerando custos elevados e insatisfação;
  • Preocupações com a segurança da informação, pois o e-commerce envolve a troca de dados sensíveis entre o cliente e o vendedor, como informações pessoais, bancárias e de cartão de crédito;
  • Fidelização do cliente, que exige investimentos em ações para criar um relacionamento duradouro com ele, como oferecimento de benefícios exclusivos, solicitação de feedbacks constantes e contato frequente por meio das redes sociais ou do e-mail marketing.

Por outro lado, o e-commerce também oferece inúmeras oportunidades para os empreendedores que querem aproveitar as vantagens desse modelo de negócio:

  • A baixa barreira de entrada, pois não é preciso ter uma loja física nem um grande estoque de produtos. Basta ter um site ou uma página nas redes sociais onde você possa expor seus produtos ou serviços e receber os pedidos dos clientes;
  • Possibilidade de ampliação do mercado, vendendo para clientes em qualquer lugar do Brasil ou do mundo, sem se limitar à sua região geográfica;
  • Redução de custos operacionais do seu negócio, pois você não precisa pagar aluguel, água, luz, funcionários, entre outros gastos fixos de uma loja física;
  • Flexibilidade para gerenciar o seu negócio, pois você pode trabalhar de onde quiser e quando quiser, desde que tenha acesso à internet.
Alto ângulo de bloqueio com cartão de crédito em cima do laptop
Alto ângulo de bloqueio com cartão de crédito em cima do laptop

Como melhorar os resultados do seu e-commerce? 11 estratégias para ter sucesso

Diante desses desafios e oportunidades, como melhorar os resultados do seu e-commerce? 

Na verdade, existem diversas estratégias que podem ajudar você a alcançar o sucesso no comércio eletrônico. Veja 11 delas:

1. Faça uma análise de mercado

Antes de iniciar ou expandir o seu e-commerce, é fundamental fazer uma análise de mercado, que envolve conhecer o seu público-alvo, a sua concorrência, os seus fornecedores, os seus diferenciais competitivos, entre outros fatores que podem influenciar o seu negócio. 

Essa análise vai ajudar a definir o seu posicionamento de mercado, o seu nicho de atuação, o seu segmento de clientes, a sua proposta de valor e os seus objetivos de negócio. 

Assim, você poderá definir os seus objetivos, as suas vantagens competitivas e as suas estratégias de marketing.

2. Selecione o seu mix de produtos cuidadosamente

O mix de produtos é o conjunto de produtos ou serviços que você oferece no seu e-commerce. 

Ele deve ser selecionado com cuidado, levando em conta a demanda do mercado, a lucratividade, a sazonalidade, a disponibilidade, a qualidade e a variedade dos produtos ou serviços. 

Portanto, escolha produtos ou serviços que sejam relevantes para o seu público-alvo e que tenham um bom custo-benefício. Além disso, que sejam fáceis de armazenar e transportar.

3. Utilize as redes sociais para divulgar seus produtos ou serviços

As redes sociais são ferramentas poderosas para divulgar o seu e-commerce e atrair mais clientes. 

Você pode usar plataformas como Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, TikTok, entre outras, para criar conteúdos interessantes sobre os seus produtos ou serviços.

Você pode mostrar os bastidores do seu negócio, interagir com os seus seguidores, responder às dúvidas e reclamações dos clientes. Como vantagens, vai gerar engajamento e criar uma comunidade em torno da sua marca.

4. Aposte na tendência do marketing de influência para aumentar as vendas do seu e-commerce

O marketing de influência é uma estratégia que consiste em usar pessoas influentes nas redes sociais para promover os seus produtos ou serviços. 

Essas pessoas podem ser celebridades, blogueiros, youtubers ou microinfluenciadores que tenham afinidade com o seu nicho de mercado e com o seu público-alvo. 

O marketing de influência pode aumentar a visibilidade da sua marca, gerar credibilidade e confiança nos consumidores. E, consequentemente, estimular a decisão de compra.

5. Invista no branding para gerar reconhecimento de marca

Branding é um conjunto de ações que visam criar e fortalecer a identidade da sua marca no mercado. 

O branding envolve aspectos como o nome, o logo, as cores, o slogan, o tom de voz e os valores da sua empresa.  Seu objetivo é criar uma conexão emocional com os seus clientes e se diferenciar dos seus concorrentes.

 

6. Abrace a estratégia de marketing de conteúdo

 

O marketing de conteúdo consiste em criar e distribuir conteúdos relevantes, úteis e educativos para o seu público-alvo, com o intuito de atrair, engajar e fidelizar os seus clientes. 

 

A estratégia pode ser aplicada em diversos formatos, como blogs, vídeos, podcasts, ebooks, webinars etc. 

 

Investir no marketing de conteúdo pode ajudar você a gerar mais tráfego, autoridade e confiança para o seu e-commerce. Além disso, pode ajudar a educar os seus clientes sobre os seus produtos ou serviços.

 

7. Coloque o cliente no centro das suas ações de marketing

 

Lembre-se que o cliente é o principal ativo do seu e-commerce. Portanto, ele deve ser tratado com respeito, atenção e personalização

 

Isso significa entender as suas necessidades, preferências, comportamentos e desejos em relação ao seu produto ou serviço. Com essas informações, você pode segmentar o seu público em grupos com características semelhantes e oferecer soluções que atendam às suas expectativas.

 

Ademais, crie um relacionamento duradouro com eles, enviando mensagens personalizadas, oferecendo suporte rápido e eficaz, solicitando feedbacks e recompensando a sua fidelidade. 

 

8. Ofereça brindes, descontos e promoções

 

Outro detalhe para prestar atenção é que todo mundo gosta de economizar e ganhar algo em troca. 

 

Por isso, oferecer brindes descontos e promoções pode ser uma ótima estratégia para atrair mais clientes para o seu e-commerce e estimular as compras por impulso. 

 

Você pode oferecer esses benefícios em datas comemorativas, em períodos no aniversário do cliente ou do site, por exemplo. 

 

Mas lembre-se de calcular bem a sua margem de lucro e de não comprometer a qualidade do seu produto ou serviço.

 

9. Use as transmissões ao vivo a favor do seu negócio

 

As transmissões ao vivo fazem parte da ascensão do e-commerce no Brasil e representam uma tendência que vem ganhando cada vez mais a atenção dos consumidores.

 

Elas consistem em fazer vídeos em tempo real nas redes sociais ou em plataformas

especializadas para mostrar os seus produtos ou serviços, tirar dúvidas dos

clientes, fazer demonstrações, dar dicas, interagir e gerar senso de urgência. 

 

Essa modalidade de venda é conhecida como live commerce ou live shop. Seu principal objetivo é incentivar os clientes a comprarem na hora. 

 

Mas criar um senso de urgência não é o único objetivo do live commerce. As transmissões ao vivo podem humanizar o seu comércio eletrônico, aumentar a interação, a confiança e as vendas do seu negócio online. 

 

10. Não se esqueça da segurança da informação no e-commerce

 

Como já foi dito, a segurança da informação é um dos grandes desafios do e-commerce no Brasil atualmente. 

 

Porém, esse é um fator essencial para o sucesso do seu negócio na internet, pois garante a proteção dos dados pessoais e financeiros dos seus clientes, evitando fraudes, vazamentos ou invasões. 

 

Então, como superar esse desafio? Nesse caso, o melhor caminho é usar certificados SSL (Secure Socket Layer) para criptografar as informações que circulam entre o seu site e o navegador do cliente, usar plataformas de pagamento confiáveis, um antivírus atualizado, um firewall eficiente e uma política de privacidade clara e transparente.

 

Além disso, é importante seguir as diretrizes da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que regulamenta o uso e o tratamento dos dados pessoais no Brasil, entre outras medidas.

 

11. Analise e monitore os resultados

 

Por fim, é fundamental que você acompanhe os resultados do seu e-commerce, para saber se as suas estratégias estão funcionando ou se precisam ser ajustadas. 

 

Para isso, você deve definir indicadores de desempenho (KPIs) que reflitam os seus objetivos de negócio, como por exemplo: taxa de conversão, ticket médio, custo de aquisição de cliente, taxa de retenção, taxa de abandono de carrinho, entre outros. 

 

Você também deve usar ferramentas de análise e monitoramento, que permitem coletar e visualizar os dados do seu e-commerce de forma simples e intuitiva. Com esses dados, você pode tomar decisões baseadas em evidências, otimizar os seus processos e melhorar a sua performance.

 

O que esperar do e-commerce nos próximos anos?

 

Como vimos neste artigo, o e-commerce é um setor que está em constante evolução, acompanhando as mudanças na tecnologia, na sociedade e no mercado. 

 

Por isso, é importante estar atento às tendências e às oportunidades que podem surgir nos próximos anos. 

 

Segundo um relatório da Worldpay from FIS, o faturamento do e-commerce no Brasil deve chegar a US$ 79 bilhões em 2025, o que representa um crescimento de 95% em relação aos últimos anos. 

 

Esses dados mostram que o e-commerce é um setor promissor, que oferece muitas possibilidades para quem quer empreender ou expandir o seu negócio. 

 

Porém, também mostra que o mercado é competitivo e exigente, e que é preciso se diferenciar para conquistar e manter os clientes. E para isso, você precisa contar com uma parceira estratégica que vai ajudar você a planejar, implementar e gerenciar o seu e-commerce com eficiência e qualidade.

 

A CMLO&CO, agência de marketing e publicidade, oferece soluções de comunicação completas para o seu negócio online. 

 

Com o auxílio de uma equipe qualificada e experiente, auxiliamos você em todas as etapas do processo de criação e gestão do seu e-commerce: desde a escolha da plataforma ideal até a otimização das suas campanhas de marketing digital. 

 

Fale com nossos especialistas, garanta a melhor experiência de compra online para os seus clientes e faça parte da ascensão do e-commerce no Brasil com excelentes resultados.

Últimos posts

Health Marketing: Saúde e Bem-estar em Destaque
Leia mais
Marketing no Metaverso: Tudo Sobre essa Tendência Digital
Leia mais
Fim dos cookies de terceiros: saiba o que muda e como se adaptar
Leia mais
Tendências de Marketing Imobiliário para Encantar Seus Clientes
Leia mais

Assine nossa newsletter

NEWSLETTER