Storytelling na Publicidade: Conectando-se com o Público

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Storytelling na Publicidade: Conectando-se com o Público

janeiro 9. 2024

Você já se emocionou com uma propaganda? Já se sentiu inspirado por uma história de superação de uma marca? Já se identificou com um personagem que enfrenta os mesmos desafios que você? Se a resposta for sim, você provavelmente já foi impactado pelo storytelling na publicidade.

Mas o que significa esse termo? Resumidamente, storytelling é a arte de contar histórias. Porém, não são histórias quaisquer. São histórias que têm um propósito, uma mensagem, um objetivo. São histórias que criam conexões emocionais entre quem conta e quem ouve, ou seja, entre a marca e o público.

Retrato de mulher jovem e bonita gesticulando
Retrato de mulher jovem e bonita gesticulando

Neste artigo, vamos explicar o que é storytelling, quais são os seus objetivos, vantagens para as marcas e como elas podem aplicar a estratégia da melhor forma. Acompanhe!

O que é storytelling?

Embora esteja entre as tendências de marketing mais recentes, o storytelling é uma técnica milenar, que surgiu junto com a própria humanidade. Afinal, desde os tempos mais remotos, as pessoas usam as histórias para se comunicar, transmitir conhecimento, cultura, valores e crenças.

No marketing não é diferente. O storytelling na publicidade se torna uma forma de contar a história da marca, dos seus produtos, dos seus valores e da sua missão. Em outras palavras, é uma forma de mostrar ao público o que a marca representa, o que ela oferece e como ela pode ajudar a resolver os seus problemas.

Mas não se engane, pois o storytelling não é apenas uma forma de informar ou persuadir. Pelo contrário, é uma maneira de envolver, emocionar, inspirar e encantar. É uma oportunidade para criar laços afetivos e relacionamentos duradouros com os clientes.

Importância do storytelling na publicidade

O storytelling é importante na publicidade digital porque ele ajuda a diferenciar a marca da concorrência, a gerar valor percebido e a aumentar a fidelidade dos clientes.

Em um mercado cada vez mais competitivo e saturado de informações, as marcas precisam se destacar e se comunicar de forma eficiente com o seu público-alvo. 

Hoje em dia, não basta apenas oferecer um produto ou serviço de qualidade. É preciso oferecer uma experiência única, que faça sentido para o cliente e que esteja alinhada com os seus valores e aspirações.

O storytelling na publicidade ajuda justamente a criar essa experiência, pois ele permite que a marca conte a sua história de forma autêntica, criativa e relevante. Ele possibilita que a marca mostre o seu propósito, a sua essência e a sua personalidade, criando uma identidade própria, que seja reconhecida e lembrada pelo público.

Além disso, a arte de contar histórias ajuda a gerar valor percebido pelo cliente, pois mostra os benefícios reais e emocionais que o produto ou serviço pode proporcionar. Em outras palavras, mostra como o produto ou serviço pode melhorar a vida do cliente, satisfazer as suas necessidades e desejos, solucionar as suas dores e frustrações.

Por fim, a estratégia ajuda a aumentar a fidelidade dos clientes, pois ele cria conexões emocionais entre a marca e o público. Isso porque ela faz com que o cliente se sinta parte da história da marca, que ele se identifique com os seus valores e princípios, que ele confie na sua credibilidade e reputação. 

Os resultados? Com a estratégia, o seu cliente se torna um fã, um defensor e um promotor da sua marca.

Por que apostar na estratégia?

Apostar no storytelling na publicidade é uma decisão inteligente para as marcas que querem se destacar no mercado e conquistar mais clientes. Isso porque a estratégia traz diversos benefícios para as empresas, tais como:

  • Aumenta o engajamento do público, pois as histórias despertam a atenção, a curiosidade e o interesse das pessoas. Elas fazem com que o público interaja com a marca, compartilhe as suas opiniões, sentimentos e experiências. 
  • Gera mais credibilidade e confiança, pois as narrativas mostram a verdade por trás da marca, os seus valores, os seus diferenciais, os seus resultados. Elas mostram que a marca não está apenas interessada em vender, mas em oferecer soluções reais para os problemas do público. 
  • Estimula a memória e o reconhecimento, já que as histórias são mais fáceis de serem lembradas do que os fatos isolados. Elas criam imagens, sons, emoções e sensações na mente do público e fazem com que o público associe a marca a esses elementos, que se tornam parte da sua memória. 
  • Influencia a decisão de compra, porque as histórias são mais persuasivas do que os argumentos racionais. Afinal, elas apelam para o lado emocional do público, que é o que mais influencia as suas decisões. Elas mostram os benefícios que o produto ou serviço pode trazer para a vida do público e como ele pode satisfazer as suas necessidades e desejos.

Por esses e por outros motivos, apostar na estratégia de storytelling é uma forma de se diferenciar da concorrência, de agregar valor à sua marca e de aumentar as suas vendas. 

E os dados do mercado comprovam isso. Segundo uma pesquisa da HubSpot, 79% dos consumidores preferem assistir a um vídeo a ler um texto sobre um produto. Outra pesquisa revelou que 92% dos consumidores querem que as marcas criem conteúdos que pareçam histórias.

5 tipos de storytelling para explorar em suas estratégias

Mas como criar um bom storytelling na publicidade? Existem diversos tipos de narrativas que podem ser usadas em suas estratégias de comunicação. Veja alguns exemplos:

  1. Ficção: é quando você cria uma história imaginária, que pode ser inspirada em fatos ou não, mas que tem como foco o seu produto ou serviço. 
  2. Jornada do herói: é a narrativa que apresenta um personagem que enfrenta um problema, recebe uma ajuda, supera os obstáculos e alcança o seu objetivo.
  3. Jornada do idiota: é a história que apresenta um personagem que faz algo errado ou ridículo, mas aprende uma lição no final. 
  4. Inimigo em comum: é quando você apresenta um problema ou um vilão que afeta o seu público ou a sua própria marca (concorrente) e mostra como o seu produto ou serviço pode ajudá-lo a combatê-lo. 
  5. História da marca: tipo de narrativa que serve para contar a origem, os valores, a missão e a visão da sua marca, mostrando como ela se relaciona com o seu público e com o mundo.

Storytelling na publicidade: cases de sucesso

Para ilustrar melhor como o storytelling pode ser usado na publicidade, vamos apresentar alguns cases de sucesso de marcas que souberam contar histórias criativas e envolventes, que geraram conexões emocionais com o seu público.

Coca-Cola

A Coca-Cola é uma das marcas mais famosas e admiradas do mundo. E isso se deve, em grande parte, ao seu marketing de conteúdo, que é pautado principalmente no storytelling. 

A empresa usa as suas histórias para transmitir os seus valores, como a felicidade, a amizade, a diversidade e a sustentabilidade. Mas, também usa a ficção para incorporar a cultura em suas estratégias, tornando um simples comercial em algo mágico e surpreendente.

Assista, abaixo, a campanha “Obra de Arte”, da Coca-Cola:

 

Nike

A Nike é outra marca que se destaca pelo seu storytelling. A empresa usa as suas histórias para inspirar as pessoas a praticarem esportes, superarem os seus limites e realizarem os seus sonhos.

Um exemplo é o comercial “The Last Game”, de 2014, que mostra como um grupo de jogadores de futebol se rebela contra um sistema que quer mudar as regras do jogo. 

Se você já assistiu, vale a pena assistir novamente! Dê o play abaixo:

Dove

A campanha “Retratos da Real Beleza” da marca de produtos de higiene e beleza Dove é um verdadeiro convite para que as pessoas se amem mais. O objetivo é criar uma conexão emocional com o público da marca e elevar a sua autoestima. Prepare o lencinho e solte o play:

 É claro que esses são apenas alguns cases de sucesso do storytelling na publicidade para você se inspirar. Além desses formatos, existem muitos outros que você pode usar em suas estratégias de comunicação para encantar os seus clientes.

O importante é ser autêntico, criativo e principalmente humano. Ou seja, usar histórias reais ou verossímeis, que mostrem os sentimentos, as motivações, as necessidades e os desejos das pessoas envolvidas na sua história.

Os impactos do storytelling na decisão de compra do cliente

O storytelling tem um grande impacto na decisão de compra do cliente, pois ele afeta diretamente o seu comportamento e as suas emoções. 

Quando aplicado à publicidade, a estratégia faz com que o cliente passe por uma jornada emocional, que pode ser dividida em quatro etapas:

  • Atenção: o storytelling capta a atenção do cliente, pois ele cria um cenário, um conflito, um personagem e um objetivo. Assim, ele desperta a curiosidade e o interesse do cliente, que quer saber como a história vai se desenrolar.
  • Empatia: a história gera empatia pelo personagem, pois ele mostra as suas características, os seus sentimentos, os seus problemas e as suas aspirações. Ela faz com que o cliente se identifique com o personagem, que se coloque no seu lugar e que torça pelo seu sucesso.
  • Emoção: a narrativa provoca emoção no cliente, pois ele mostra os obstáculos, os desafios, os riscos e as oportunidades que o personagem enfrenta. Dessa forma, ela faz com que o cliente sinta as mesmas emoções que o personagem, como medo, raiva, tristeza, alegria, surpresa e admiração.
  • Ação: o storytelling na publicidade estimula a ação do cliente, pois ele mostra a solução, o resultado, a recompensa e a lição que o personagem obtém. Ele faz com que o cliente se inspire na história do personagem e queira seguir os seus passos. Ou seja, ele faz com que o cliente tome uma decisão de compra favorável à marca.

Essa jornada emocional é fundamental para influenciar a decisão de compra do cliente, pois ela cria uma conexão profunda entre ele e a marca. Essa conexão faz com que o cliente confie na marca, valorize o seu produto ou serviço e se torne um cliente fiel.

Como fazer um bom storytelling?

Confira alguns conselhos:

  • Conheça o seu público: saiba quem são, o que querem, o que sentem, o que pensam e o que fazem as pessoas que você quer atingir com a sua história.
  • Defina o seu objetivo: saiba qual é a mensagem que você quer transmitir com a sua história e qual é a ação que você quer provocar no seu público.
  • Escolha o tipo de história: você pode usar a ficção, a jornada do herói ou qualquer outro tipo, desde que seja adequado para o seu objetivo e para o seu público. 
  • Escolha o seu canal: defina qual é o meio de comunicação mais adequado para contar a sua história, seja ele um vídeo, um áudio, um texto, uma imagem ou uma combinação deles.
  • Estruture a sua história: siga uma lógica narrativa que tenha começo, meio e fim, e que apresente os elementos essenciais de uma história, como personagens, conflitos, cenários, diálogos e emoções.
  • Seja criativo: use a sua imaginação para criar uma história original, interessante, envolvente e memorável, que se destaque entre as demais e que surpreenda o seu público.
  • Aposte na autenticidade: use a sua voz, o seu estilo e a sua personalidade para contar a sua história, sem copiar ou imitar outras histórias ou outras marcas.
  • Seja relevante: dependendo da narrativa, você pode usar dados, fatos, exemplos e referências que sustentem a sua história e que sejam pertinentes ao seu público e ao seu contexto.
  • Use a simplicidade ao seu favor: utilize uma linguagem clara, direta e acessível para contar a sua história, sem usar termos técnicos, jargões ou palavras difíceis.
  • Utilize recursos extras para criar conexões emocionais: use recursos visuais, sonoros e textuais que despertam as emoções do seu público, como cores, sons, músicas, imagens, metáforas e humor.

CMLO&CO e Storytelling: criando conexões emocionais entre a sua marca e os seus clientes

Como você pode ver, o storytelling na publicidade é uma estratégia poderosa para criar conexões emocionais entre a sua marca e os seus clientes. Para isso, no entanto, é preciso contar histórias criativas e envolventes, que geram empatia, afinidade, reconhecimento, conversões e lucro.

E para contar essas histórias, você pode colocar em prática as dicas que citamos anteriormente. Ou então, contar com a CMLO&CO, agência de marketing e publicidade com ampla experiência no digital. 

Se você quer contar a sua história de forma eficaz e impactante, fale com nossos especialistas. Nós vamos adorar fazer parte da sua história!

Últimos posts

Health Marketing: Saúde e Bem-estar em Destaque
Leia mais
Marketing no Metaverso: Tudo Sobre essa Tendência Digital
Leia mais
Fim dos cookies de terceiros: saiba o que muda e como se adaptar
Leia mais
Tendências de Marketing Imobiliário para Encantar Seus Clientes
Leia mais

Assine nossa newsletter

NEWSLETTER